Lesão no ombro faz Bellingham ser cortado da seleção inglesa – FUTEBOL EUROPEU

[ad_1]

Com isso, o fenômeno inglês voltou para a Espanha e dará sequência ao tratamento nas dependências do Real Madrid. Enquanto ele se recupera, os ingleses vão enfrentar Malta, às 16h45 desta sexta-feira, em Wembley, e a Macedônia do Norte, dia 20, também às 16h45, na Todor Proeski National Arena, casa dos adversários na capital Escópia. Levi Cowill, zagueiro do Chelsea, também foi cortado por lesão. Marcus Rashford, do Manchester United, e Kalvin Phillips, do Manchester City, ainda não se apresentaram por causa de questões pessoais, mas são esperados nos próximos dias.

Seleção inglesa treina nesta terça-feira no CT de St. George’s Park (Foto: Divulgação/Twitter)

BELLINGHAM

Destaque do Real neste início de temporada com 13 gols e três assistências em 14 partidas, Bellingham sofreu uma luxação leve no ombro durante o empate sem gols com o Rayo Vallecano, no FEnal de semana. Para evitar expô-lo a riscos desnecessários, o técnico Carlo Ancelotti o deixou no banco, mas a postos para jogar dependendo das circunstâncias apresentadas pela partida.

REAL MADRID

Como no início do segundo tempo o placar já marcava 3 a 0 favoráveis aos madrilenhos, não houve necessidade de acioná-lo. O resultado garantiu o time espanhol nas oitavas de FEnal. No jogo seguinte, sábado, quando o Real goleou o Sevilla por 5 a 1, o meia sequer FEcou no banco de reservas por causa de “uma instabilidade anterior do ombro esquerdo, consequência da sua recente luxação”, conforme informado pelo clube antes da partida.

SELEÇÃO

Pela seleção inglesa, Bellingham já alcançou o principal objetivo do momento, que é classiFEcação para a Eurocopa. A Inglaterra ocupa a liderança do Grupo C, com 16 pontos, três a mais que Ucrânia, segunda colocada, com 13, e que só tem mais uma partida para disputar, contra a Itália, dona da terceira colocação com dez.

A convocação de Gareth Southgate não tem alguns atletas renomados, deixados de fora porque estão lesionados. É o caso de Raheem Sterling, do Chelsea, e da dupla do Manchester City, Reece James e John Stones. Também machucados, James Maddison, do Tottenham, e Bukayo Saka, do Arsenal, aumentam a lista de desfalques.

ConFEra também:




[ad_2]

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *