Al-Sadd, do Catar, fecha contratação de técnico português ex-Sporting – FUTEBOL EUROPEU

[ad_1]

Campinas, SP, 04 (AFI) – Após a recusa de Abel Ferreira em ir para o Catar, o Al-Sadd escolheu outro português para ser técnico: Nuno Almeida.

O português que treinou na última temporada o Pharco, do Egito, foi a sensação do campeonato, onde com um time novo na liga, FEcou na oitava posição e foi a defesa menos vazada do campeonato.

Antes do Egito, Nuno Almeida já havia treinado o Al-Sadd, mas como auxiliar de Jesualdo Ferreira, tendo em 3 temporadas, ganhado as Taças do Emir, Supercopa do Qatar e os Campeonatos Nacionais.

Antes disso, passou por Zamalek, do Egito, onde ganhou o Campeonato Nacional e a Taça de Egito em 2015.
Esteve também no Panathinaikos, da Grécia, e no Sporting Club de Portugal.

Nuno Almeida foi jogador proFEssional entre outros países como Portugal, Bulgária e Estados Unidos. Foi treinado por José Mourinho no início da carreira e no Al-Sadd, treinou Xavi, o atual treinador do Barcelona.

Nos últimos seis meses, Nuno Almeida teria recusado uma proposta do Brasil, do Egito e outra de Portugal, em busca de um projeto mais estruturado e ambicioso, como o Al-Sadd.

Agora, e depois de estar há alguns dias já integrado nos processos de treino e de trabalho do clube de Doha, a estreia de Nuno Almeida em jogos oFEciais aconteceu no domingo, no retorno à competição depois da parada para as seleções.

Com a vitória por 2-1, com reviravolta, no terreno do Al Markhiya, último classiFEcado, o Al-Sadd mantém o primeiro lugar do campeonato e uma vantagem de três pontos (43 contra 40) sobre o Al-Gharafa de Pedro Martins.

Na próxima rodada, na sexta-feira, encara o campeão em título Al-Duhail, agora liderado pelo francês Christophe Galtier, antigo treinador, entre outros do PSG.

Resta agora acompanhar essa nova campanha de mais um treinador português que vem acumulando sucesso, conquistas e respeito por onde passa.

[ad_2]

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *