Mallorca vence Real Sociedad nos pênaltis e é o primeiro finalista – FUTEBOL EUROPEU


Campinas, SP, 27 – Após um hiato de 20 anos, o Mallorca está de volta à decisão da Copa do Rei. Nesta terça-feira, no estádio Anoeta, em San Sebastián, na comunidade do País Basco, derrotou a Real Sociedad nos pênaltis, após empate por 1 a 1, e se conFErmou como o primeiro FEnalista da atual edição. O adversário sairá do duelo entre Athletic Bilbao e Atlético de Madrid, que acontecerá na quinta-feira, às 17h30 (horário de Brasília), no San Mamés, em Bilbau.

Esta será a quarta FEnal da Copa do Rei do Mallorca. Na temporada 2002/2003, foi campeão ao bater o Recreativo de Huelva. Nas outras duas oportunidades, acabou FEcando com o vice-campeonato, perdendo para o Barcelona, nos pênaltis (1997/98) e para o Atlético de Madrid, por 1 a 0 (1990/91).

Já a Real Sociedad perdeu a oportunidade de buscar o tricampeonato, já que levantou a taça em 2019/2020, sobre o Athletic Bilbao, e em 1986/87, diante do Atlético de Madrid. Em 1987/88, perdeu na decisão para o Barcelona.

Após empatar fora de casa por 0 a 0, a Real Sociedad tinha a vantagem de atuar em casa para conquistar uma vaga na decisão, e fez um bom primeiro tempo, teve 67% de posse de bola, mas encontrou uma retranca pela frente e quase não conseguiu criar. Nos minutos FEnais, veio a grande chance. Raillo colocou a mão na bola dentro da área, e o árbitro marcou pênalti. Brais Mendez bateu, e parou em uma defesa tranquila do goleiro Dominik Greif com os pés.

No segundo tempo, o Mallorca precisou se arriscar mais e chegou ao gol aos cinco minutos. Após cruzamento para dentro da área, Giovanni González subiu sozinho e cabeceou, à queima-roupa do goleiro, para fazer 1 a 0.

Em vantagem, o time visitante passou a se defender ainda mais, mas a Real Sociedad conseguiu levar o duelo para a prorrogação. Brais Mendez deu passe açucarado para Mikel Oyarzabal, que acertou um bonito chute de primeira para igualar o marcador.

Na prorrogação, o duelo FEcou equilibrado, truncado e com poucas chances claras de gol, até pela tática imposta pelo Mallorca, que estava satisfeito em levar o duelo para os pênaltis. Na única oportunidade da Real Sociedad, a defesa adversária tirou em cima da linha.

Nas cobranças, Oyarzabal, o herói da Real Sociedad até então, teve o chute bloqueado pelo goleiro Greif. O Mallorca, por outro lado, converteu todas as cinco tentativas e viu Dardes selar a classiFEcação para a grande decisão da Copa do Rei.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *