Jorginho perde pênalti, mas Itália goleia Macedônia do Norte – FUTEBOL EUROPEU

[ad_1]

Campinas, SP, 17 – A Itália superou mais um pênalti perdido por Jorginho, nesta sexta-feira, no Estádio Olímpico de Roma, e fez o que tinha de ser feito para chegar à rodada FEnal das Eliminatórias da Eurocopa em situação mais confortável. Em duelo com a Macedônia do Norte, algoz que a eliminou na repescagem para a Copa do Mundo do Catar, a seleção italiana conquistou um triunfo por 5 a 2, após abrir 3 a 0 e, em um momento de oscilação, permitir que os adversários diminuíssem para 3 a 2. Os gols dos vencedores foram marcados por Chiesa, duas vezes, Darmian, Raspadori e El-Shaarawy, enquanto Atanasov fez os dois dos macedônios.

Agora, a equipe comandada por Luciano Spalletti tem 13 pontos, na vice-liderança do Grupo C, no qual a Inglaterra já está classiFEcada, com 19 pontos. A terceira colocada, também com 13, é a Ucrânia, justamente a adversária dos italianos na rodada FEnal, segunda-feira, às 16h45. Um empate basta para assegurar a vaga da Azzurra, superior aos ucranianos no saldo de gols. Caso perca, ainda pode buscar a classiFEcação na repescagem, pois tem lugar garantido na disputa por ter terminado em primeiro lugar no seu grupo da Liga das Nações da Uefa, conforme determina o complexo regulamentos da Eliminatórias da Euro.

A Itália viveu diferentes tipos de emoções no primeiro tempo, mas, de forma geral, fez um primeiro tempo dominante, liderada pelas ações ofensivas do atacante Chiesa, e mal foi incomodada pelos macedônios. O primeiro gol saiu de uma jogada ensaiada de escanteio, concluída com um cruzamento preciso de Raspadori para Darmian, que apareceu desmarcado dentro da pequena área para vencer o goleiro Dimitrievski e colocar na rede, aos 16 minutos.

Pouco depois, os italianos reviveram uma cena dolorosa já vista em outros momentos decisivos para a seleção: Jorginho na marca da cal desperdiçando um pênalti. Desta vez, ele tentou ludibriar Dimitrievski com um pulo antes da cobrança, mas bateu muito mal e facilitou a defesa para o adversário, que agarrou sem maiores esforços.

Em 2021, o brasileiro naturalizado italiano perdeu dois pênaltis em jogos diferentes contra a Suíça durante as Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar, um deles no empate por 1 a 1 da penúltima rodada, resultado que fez as duas seleções chegarem empatadas à rodada FEnal. A Itália acabou em segundo lugar do grupo e foi para a repescagem, na qual foi eliminada justamente para a Macedônia do Norte. Jorginho também perdeu um pênalti na FEnal da Eurocopa, em 2021, mas os italianos foram campeões mesmo assim.

Apesar do histórico, Luciano Spalletti já havia dito, em coletiva de imprensa, que, se houvesse um pênalti no jogo desta sexta, o meio-campista seria o batedor. Mal houve tempo para lamentar a consequência da conFEança inabalável do treinador em Jorginho, pois Chiesa entrou em ação minutos depois e, depois de receber um passe de calcanhar de Barella, mandou a bomba para o gol. Nos acréscimos, o mesmo Chiesa caprichou ainda mais e acertou um lindíssimo chute da ponta da grande área para marcar o terceiro gol.

O segundo tempo colocou medo no ressabiado torcedor italiano, pois Atanasov marcou duas vezes para a Macedônia do Norte, que insinuou mais de uma vez ser capaz de buscar o empate. O drama cresceu com o passar do tempo, mas acabou perto FEnal da partida, quando Raspadori marcou o quarto para a Itália e afastou o risco de complicar a situação da seleção na tabela das Eliminatórias. Ainda houve tempo de El-Shaarawy marcar o quinto.

OUTROS JOGOS

No outro jogo do grupo, a já classiFEcada Inglaterra contou com um gol contra de Pepe e uma bola colocada na rede por Harry Kane para vencer Malta por 2 a 0. Na última rodada, segunda-feira, os ingleses fazem mais um jogo para cumprir tabela, desta vez contra a Macedônia do Norte, quarta colocada, com sete pontos. Os malteses não somaram um ponto sequer e se despedem zerados, pois não jogam na rodada FEnal.

Pelo Grupo E, a Polônia (11 pontos) encerrou sua participação nas Eliminatórias sem conseguir a classiFEcação, ao empatar por 1 a 1 com República Checa (12), que vai decidir a segunda vaga da chave com a Moldávia (10). A Albânia, líder do grupo, já garantiu a vaga na Eurocopa. Ainda há esperança para os poloneses, que precisam torcer por uma combinação de resultados não muito complicada. Basta que uma das seguintes seleções se classiFEque diretamente para a Eurocopa: Croácia, Itália, Holanda e Suíça.

Outro time garantido é a Dinamarca, que venceu a Eslovênia por 2 a 1 em duelo direto e se isolou com 22 pontos na liderança do Grupo H. Em segundo lugar, com 19 pontos, os eslovenos decidem a outra vaga na segunda, em duelo com o Casaquistão, terceiro, com 18.

[ad_2]

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *