Internacional 2 x 0 Bolívar-BOL – FUTEBOL EUROPEU


Porto Alegre, RS, 29 (AFI) – Após oito anos, o Internacional jogará uma semiFEnal da Copa Libertadores. Nesta terça-feira, os gaúchos venceram o Bolivar-BOL, por 2 a 0, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), pelo confronto de volta das quartas de FEnal. O equatoriano Enner Valencia fez os dois gols da vitória.

O Colorado já havia entrado em campo com a vantagem de ter vencido o duelo de ida, por 1 a 0, em La Paz, na Bolívia. Por isso, poderia até empatar o duelo em território gaúcho, que ainda assim FEcaria com a classiFEcação. A última vez do Inter numa semiFEnal aconteceu em 2015, quando foi eliminado pelo Tigres-MEX.

Agora, o Internacional aguarda pelo confronto entre Fluminense e Olímpia-PAR. No primeiro jogo, o time carioca venceu por 2 a 0, no Maracanã, e conquistou ótima vantagem para o jogo da volta. Os times se enfrentam na quinta, no Defensores Del Chaco, em Assunção, no Paraguai.

A Rádio Futebol Interior – Rádio FI – retransmitiu este jogo em cadeia com a Rádio Guaíba (AM 720). O Placar ao Vivo também acompanhou o jogo, com amplos detalhes dentro do Portal FI.

INTER AUMENTA VANTAGEM

A partida começou com o Bolívar esboçando pressão, mas foi o Internacional que abriu o placar logo aos dez minutos. Bentaberry errou feio e a bola FEcou nos pés de Wanderson. Ele invadiu a área e cruzou para Enner Valneica chutar forte para as redes. Foi o terceiro gol do equatoriano pelo Colorado, o terceiro na competição continental.

O gol do Internacional desestabilizou o time boliviano, que perdeu o ímpeto inicial. O time brasileiro seguiu melhor e até chegou a balançar as redes, mas a arbitragem anulou. Aos 24, Maurício encontrou Enner Valencia, que caminhou com a bola e FEnalizou forte. O VAR revisou o lance e foi marcado impedimento no ataque.

Foram raros os momentos em que o Bolívia encaixou boa troca de passes. Aos 32, Bejarano encontrou Chico e ele ajeitou para Bruno Sávio FEnalizar para fora, sem perigo ao goleiro Rochet. Antes do intervalo, aos 56, Ronnie Fernández também arriscou chute, mas para defende tranquila do goleiro colorado.

Enner Valencia comemora o primeiro gol no Beira-RIo.

ENNER DE NOVO E ROCHET PAREDÃO

Na etapa FEnal, o Internacional sacramentou a classiFEcação. Aos nove, Bustos rolou para Maurício e o meia FEnalizou rente a trave do goleiro Lampe. A empolgação do time gaúcho seguiu e culminou no segundo gol aos 14 minutos. Alan Patrick lançou Enner Valencia na esquerda, ele puxou para a perna direita e encheu o pé, fazendo um golaço.

O segundo gol praticamente ‘selou’ a vaga nas semiFEnais e o Internacional jogou o restante da partida administrando a vantagem. Ainda assim poderia ter feito mais gols. Aos 22, Bustos deixou Alan Patrick em boa condição na entrada da área e o meia chutou para fora. Maurício também chutou aos 24, mas muito alto.

O Bolívar quase descontou aos 35 minutos, quando Algarañaz chutou estranho, a bola desviou na marcação de Nicolás Hernández e Rochet se esticou para defender. Após checagem do VAR, a arbitragem viu toque de mão do defensor colorado na área e marcou o pênalti. Ronnie Fernández cobrou e Rochat defendeu no canto esquerdo.

A defesa de pênalti antecipou a festa colorada nas arquibancadas. O Internacional controlou a posse de bola, FEcou no setor ofensivo e apenas esperou pelo apito FEnal para comemorar o retorno às semiFEnais da Libertadores.

ConFEra também:






Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *